CONTATO: unistaldense@hotmail.com

Fogo teria tomado conta da boate em três minutos


De acordo com Ingrid Goldani, 20 anos, que trabalhava na boate há 45 dias, o fogo teve começo depois que um integrante de uma banda — durante a noite, duas bandas se apresentaram — acendeu uma espécie de sinalizador que acabou por incendiar parte da estrutura do palco. Segundo ela, o fogo teria tomado conta da boate em cerca de três minutos.

— A segunda banda chegou a tocar por 10 a 15 minutos. Ele (da banda) começou a brincar com uma espécie de um pequeno artifício de fogo. Ele ficou brincando com isso por cerca de três minutos. Foi o tempo suficiente para que tudo mudasse. Eles (da banda) tentaram apagar o fogo com água, mas não conseguiram. Depois disso, tentaram com o extintor de incêndio. Não sei se eles não conseguiram manusear (o extintor). Só sei que foi tudo muito rápido — relata a servidora.

Jovens e pessoas que conseguiram escapar do incêndio da boate Kiss relataram às autoridades pessoais que, no momento do incêndio, alguns seguranças teriam tentado impedir a saída das pessoas. De acordo com relatos de jovens, os seguranças teriam trancado as portas por entender que o grande fluxo de jovens tentando escapar, teria como objetivo sair sem pagar. 

FONTE: DIÁRIO DE SANTA MARIA

Nenhum comentário: